Post Image

Benchmarking: A Melhor Forma de Fazer uma Análise Competitiva

Uma das principais vantagens do Marketing Digital é ser altamente mensurável através de dados, gráficos e planilhas. Quase tudo pode ser calculado! O que abre caminho para que usemos os Benchmarkings.

Estes são índices de medição que usamos como base para avaliar nossos resultados.

Assim, digamos então que um Benchmarking hipotético para a conversão de clientes em seu setor seja de 20% e você está convertendo apenas 10%. Isso significa que sua empresa está 50% atrás dos índices médios do nicho.

Usar essas medições é essencial para que possamos entender como estamos nos situando no mercado e em que pontos precisamos melhorar. Por isso, continue conosco e venha aprender:

O Que É Benchmarking?

O Benchmarking é um índice comparativo que utilizado para medir o sucesso de sua empresa, produto ou serviço. Ele é gerado através da comparação com concorrentes do mercado e tem por finalidade preencher lacunas de dados do seu setor.

Por mais complicado que pareça ser, os Benchmarkings são uma estratégia muito simples que você já deve ter utilizado sem nem perceber.

Digamos que você acabou de abrir sua empresa e está em busca de descobrir quais seriam os valores médios de cliques em uma publicação comercial do Facebook, por exemplo. Uma rápida pesquisa no Google te dá a resposta. 

O que você acabou de fazer foi procurar por um Benchmarking!

A mágica por trás destes índices médios de comparação é que eles podem ser tanto amplos como muito específicos, fornecendo exatamente as informações que você necessita.

Não é de hoje que sabemos que um bom marketing digital é aquele que é medido, revisado, analisado e pivotado quando necessário. Dessa maneira, os marcadores te darão base para realizar suas análises e saber, com certeza, se seus índices são bons ou ruins.

Estes pontos de referências são comumente utilizados no ramo financeiro, mas podem ser aplicados em qualquer área, sem exceção alguma. Uma vez que podem ser facilmente entendidos como um nome chique para encontrar referenciais de medição.

imagem de uma mulher analisando dados em um computador

Contudo, uma ideia que costuma se confundir quando falamos em Benchmarkings é o conceito de KPIs (Indicadores-chave de Performance). Entretanto, eles não são a mesma coisa!

Vamos agora entender suas diferenças.

Benchmarking e KPI, Qual a Diferença?

Os KPIs são ferramentas de monitoramento. Elas servem para acompanhar o desempenho e desenvolvimento de seus objetivos. Assim, essa é uma estratégia de gestão que vai nos ajudar a ter uma ampla percepção dos caminhos que uma marca está tomando.

Estes KPIs podem ser referentes a diversos aspectos da empresa. Tudo vai depender das metas de cada marca!

Um exemplo de KPI seria a quantidade de acessos em um blog ou o tempo de leitura. Ações como um clique ou um ‘arraste para o carrinho’ também são exemplos.

Já os Benchmarkings, como explicamos, são pontos de referência utilizados para comparar concorrentes. Sejam entre marcas, produtos, serviços, operações ou o que imaginar.

Dessa maneira, por mais que sejam conceitos mais próximos, eles não são a mesma coisa. E sim estratégias que andam de mãos dadas.

Isso porque, enquanto o KPI mede os resultados da empresa, os Benchmarkings dirão se estes resultados são ou não satisfatórios em comparação com o mercado.

Para exemplificar, pense em um KPI de cliques no “leia mais” de um blog. A medição nos dirá que 50% dos nossos leitores apertam o botão.

Uma vez que o Benchmarking do mercado é de 20%, descobrimos que estamos acima de nossa concorrência e que nossos dados estão bons.

Se estivéssemos abaixo deste ponto de referência, seria um indicativo de que algo está errado e que precisamos fazer modificações de customer experience e usabilidade para aumentar nossa taxa de cliques.

Por Que o Benchmarking é Importante?

Agora que já definimos o que é um Benchmarking é preciso mencionar o porquê desta ser uma estratégia tão importante para o marketing como um todo.

A primeira vantagem de se investir nestes pontos de referência é que eles te ajudarão a realizar uma análise competitiva mais consistente. Isso porque ele permite que você obtenha vantagens estratégicas sobre seus concorrentes. De modo a saber exatamente as lacunas que precisam ser reparadas.

Além disso, eles são essenciais para monitorar o desempenho de uma empresa.

Por que sim, é importante ter uma visão do seu negócio em relação ao mercado. Mas mais essencial ainda é que você saiba exatamente o que acontece internamente.

Desse modo, eles contribuem também para uma melhoria contínua de sua empresa, produtos ou serviços, ou até mesmo de pontos específicos que você esteja monitorando, como sua abertura de e-mails, por exemplo.

Os Benchmarkings te ajudarão ainda a planejar e definir suas metas – que ao serem metrificadas se tornam os KPIs – de modo a ter certeza sobre os locais da companhia que precisam de maiores incentivos.

Imagem de blocos de madeira que formam a falavra KPI

Essas metas serão encontradas comparando dois pontos principais: as lacunas que sua concorrência não vem suprindo e as qualidades mais relevantes da sua marca. Os marcadores nos fornecem ambas as informações.

Por fim, os Benchmarkings vão contribuir para criar uma cultura de compartilhamento dentro da sua empresa.

É essencial que as informações da empresa sejam de fácil acesso. E com isso, os pontos de referência podem ajudar criando um panorama mais objetivo da organização.